Relato da querida mamãe Adriana Carvalho, que foi acompanhada por nós, através da Preparação para o Parto:

“… Como disse na quinta, cheguei sem dor mas já estava com 3cm (de dilatação). Fui almoçar, e duas horas depois estava com 5cm. Me internaram. Duas horas depois já estava com 7cm. O intervalo das contratações eram curtos. 2h depois, me mandaram para sala de parto. No caminho até o elevador a bolsa estourou.

O problema é que passei o dia todo sangrando…

Disseram que era normal por conta do apagamento do colo. Só que sangrou muito. Quando estava com 7cm, por conta da perda de sangue, me deram um soro, pois  eu estava começando a ficar com hipoglicemia. Relutei, mais aceitei. Comi uma tâmara tb. 😂

Fiquei na bola de Pilates, tomei banho mas não tinha muito intervalo entre as contrações. Dizem que evoluiu rápido, mas eu já tinha perdido a noção de tempo.

Meu marido é minha tia-mãe foram indispensáveis. Meu marido fazia massagem na lombar. Minha tia me segurava e consolava na frente.

Foi com 7-8cm que comecei a pedir analgesia. Eu queria tudo e não queria nada. Meio louco de explicar. Só que eu já tinha conversado com meu marido para não me dar. Ele me enrolou direitinho. Quando vi, já estava parindo sem ter tomado nada para dor!

O hospital estava lotado, foram 30 partos só naquele dia. Não tinha espaço para todas. Como já cheguei gritando e totalmente dilatada, correram comigo para uma sala de cesárea. A única coisa que tinha: a maca com aqueles ferros ao lado. Eu dizia que não queria mas não adiantou muito. Pois eu não sabia o que queria! 😂

O médico (plantonista) não estava muito paciente comigo. Mas depois ele conseguiu me acalmar, deixou meu marido entrar, e foi então que a minha obstetra chegou para o plantão dela, assumiu o parto e eu me entreguei! Só que estava muito fraca por conta da perda de sangue. A posição que eu estava não ajudava a bebê, não conseguia ficar de cócoras pois as pernas tremiam muito de fraqueza, e acabei na posição que sabemos não ser a melhor para o parto. Mas foi a que ajudou a abrir mais espaço para ela passar.

Lembrei de você… Ela (obstetra) fazia uma massagem no períneo parecendo aquele movimento do U, para abrir espaço. Os ferros serviram para me ajudar na força. Que também fiz errada! 🙈

Foram 2h de expulsivo por conta do cansaço. Ela coroava mas voltava pois eu estava fraca.

Foi então que ela me disse para tomar a ocitocina sintética. Eu não queria, mas ela disse que teria que me dar após o parto, por conta do sangue que perdi. Então aceitei. Quando ela colocou no soro, veio uma contração, eu fiz força e a bebê saiu!

Foi a ajudinha que faltava!!!

Obrigada Lari. Tenha certeza que você também me ajudou a realizar esse sonho! 😘😘” – Mamãe Adriana Carvalho

Ooww como fico feliz e realizada com a realização de vcs!

Nosso trabalho, empenho e dedicação foram concluídos com sucesso!! 👏🏼👏🏼😘😘😘 parabéns para nós três: vc, papai e fisio.

RELATO DE PARTO – Mamãe Adriana Carvalho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *